Vamos inovar?

Venture Building em Novas Economias 2018-2

Making real changes real!


 

A InFolk, ONG norte-americana dedicada à promoção das Novas Economias (incluindo as economias colaborativa, compartilhada, acesso e neural/ondemand) lança, a partir de agosto/2018, sua Venture Builder no Brasil, A “InFolk – New Economy Ventures”: são 10 startups agressivamente inovadoras, exponencialmente escaláveis e, claro, centradas nas Novas Economias e nos paradigmas da “Era da Criatividade”.

Encante-se com nossas startups: Kantta, eMarketeria, Asalerator, Couponetta, lowerMOQ, Up2do2, ePlacces, CoSigg (e as iniciativas sem fins lucratiovos) MisterVa.ga e NoCoin!

… e conheça nossos protocolos de atuação:

Profundidade


Mais que uma venture builder, a InFolk é uma ONG – e seu extenso trabalho na promoção do empreendedorismo vinculado às Novas Economias está alicerçado em suas profundas bases filosóficas, em seu sólido comprometimento sócio-ambiental e na seriedade de seu tradicional trabalho em Análise de Cenários Sociais.

Sharing


Para conduzir a ambiciosa meta de desenvolver suas startups com solidez, agilidade e efetividade, a InFolk emprega um competente time de profissionais multi-disciplinares – que compartilham seu trabalho e conhecimentos (em gestão, TI e marketing) concomitantemente a todas as startups InFolk.

Acesso


Para enquadrar-se entre as “novas economias” toda e qualquer iniciativa (social ou) empresarial deve “inovar em disponibilidade”, ou seja, facilitar o acesso a determinada classe de produtos e/ou serviços – a InFolk promove essa feature através da união simbiótica de clientes, usuários e parceiros em suas iniciativas.

Inovação


Além de inovar em acessibilidade/disponibilidade, as iniciativas InFolk apresentam significativos incrementos qualitativos em desempenho e redução de preços – através da aplicação de novas tecnologias de informação e comunicação incluindo Internet, dispositivos móveis, blockchain, Inteligência Artificial e IoT.

Escala


A InFolk inova, igualmente, na sua metodologia de crescimento baseada em receitas próprias (em lugar de consecutivos investimentos externos), demonstrando a efetividade de seu modelo de negócios, solidez administrativa e potencial de escalabilidade.

Colaboração


Por que competir se você pode colaborar? Para impulsionar-se no mercado, as inciativas InFolk evitam a competição e promovem Parcerias e MarketSharing (em “jogos de soma não-0″​), adotando a política de manter “blue oceans” – no que a InFolk denomina: “Less friction, more traction”​!

 

Foco e Aderência

 

Você sabia que 6 das 10 maiores startups atuais são vinculadas às Novas Economias?
(Uber, Didi Chuxing, AirBNB, SpaceX, WeWork e Lu)

 

Todas as iniciativas sociais e empresariais conduzidas pela InFolk mantêm seu foco de trabalho em IDEIAS, PROJETOS, EMPRESAS e SERVIÇOS/PRODUTOS que contemplem (ou desejem contemplar) fortemente as Novas Economias (Sharing, Collaborativa, Neural/OnDemand e Access Economy) em seu core! Para tanto, nossos empreendimento alicerçam-se, majoritariamente, em (a) tecnologias da informação e comunicação, (b) inteligência artificial, (c) compartilhamento de bens e recursos, (d) novas políticas de comércio e trabalho que se sustentem em avaliações e recomendações de usuários E/OU (e) metodologias inovadoras em meios de troca (moedas alternativos) tendo por resultado um modelo de negócios que inove em pelo menos DUAS das seguintes áreas (sendo, a primeira, sine qua non):

 

  • 1DISPONIBILIDADE: apresenta acesso inédito a produtos e serviços ou torna esse acesso mais significativamente eficiente, eficaz e efetivo – e.g. através do conexões peer-to-peer, reduz intermediários, burocracia e prazos de atendimento. Ex.: a Wikipedia (artigos enciclopédicos), o WhatsApp (comunicação) e as diversas locadoras de iates e helicópteros.

  • 2DESEMPENHO: apresenta produção, produto e/ou serviços significativa e perceptivelmente superiores à concorrência – fatores como otimização de recursos, eficiência produtiva, adequação ambiental e qualidade intrínseca são indicadores. Ex.: o sistema inteligente de gestão de rotas e veículos da Uber, que torna o serviço viável (e lucrativo) a preços reduzidos e qualidade superior.

  • 3PREÇO: através de todos os meios, metodologias e tecnologias apresentados, reduz custos e despesas, oferece preços finais significativamente inferiores, novas opções de compensação (locação, empréstimo, compartilhamento ou troca) ou remunerações alternativas (como moedas digitais e LETS). Ex.: a Netflix (filme e séries), Spotify (músicas), WeWork (coworking).

 

Torne-se um investidor InFolk!

JUNTE-SE À INFOLK!


 

Inscreva-se como investidor InFolk e participe de nossas iniciativas!

 

Invista!

 

As Novas Economias


 

Em um mundo onde “abundância” e “miséria” coexistem em assustadora harmonia, você já pensou seriamente sobre como seus conceitos de “riqueza” e “liberdade” afetam sua vida, sua comunidade ou seu planeta? Bem, nós pensamos (muito) sobre isso: a InFolk dedicou décadas de pesquisa e desenvolvimento nos campos da Filosofia, das Ciências Sociais e Cognitivas, da Economia e da Computação para aperfeiçoar modelos de Análise (e Intervenção) em Cenários Sociais (“S2EBs”) e torná-los capazes de atender aos problemas do Bem-Estar, do Equilíbrio Econômico e do Desenvolvimento Social.

Concluímos, por fim, que não precisamos ter a “propriedade” de tudo o que queremos todo o tempo… apenas precisamos ter nossas necessidades atendidas e nossos desejos satisfeitos quando se fizerem presentes – basta que tenhamos “Acesso”. Isso é “Riqueza”! Tampouco precisamos aprisionar-nos em circunstâncias quaisquer para mantermos tais “propriedades”. Isso é “Liberdade”! Em outras palavras, “Felicidade” é estar onde você quiser, com o que e quem quiser… como e quando quiser!

Isso já é possível! E está ao seu alcance no contexto das “novas economias”, iniciativas como a “Economia do Acesso” e a “Economia Neural/On Demand (que inclui a Economia do Compartilhamento e a Economia Colaborativa).

Assim, enquanto a “Access Economy” substitui as relações de compra e venda por alternativas de “acesso” (doação, empréstimo, troca, locação e compartilhamento), em paralelo, a “Economia Colaborativa” e a “Economia do Compartilhamento” convertem agentes econômicos em, respectivamente, produtores e consumidores otimizados – amiúde conectados por plataformas tecnológicas inteligentes P2P – promovendo avanços inéditos em disponibilidade (availability), desempenho (performance) e redução de custos.

Ilustrativamente, a Uber, por exemplo, atualmente avaliada em US$68B, define-se como “faster, better and cheaper than taxi” (mais rápido, melhor e mais barato que taxi) – apresentando incrementos qualitativos na disponibilidade (plataforma tecnológica), no desempenho (qualidade dos serviços) e preço -; AirBNB, por sua vez, na casa dos ~US$21B, apresenta, igualmente, inovações em disponibilidade, desempenho e, na maioria das vezes redução significativa de custos.

Contudo – atenção – pertencem à Access Economy 2.0, ainda, empresas como Microsoft e Google que promovem notáveis avanços, combinados, em disponibilidade (e popularização) e desempenho – e.g. os sistemas operacionais Windows e Android, suites de aplicativos e soluções em armazenamento na nuvem – e, consequentemente, redução de preços.

As novas economias fazem do mundo um lugar melhor para vivermos!

Pensando assim, como instituição, a InFolk (“Intersticial Folk”) é uma ONG dedicada a difusão dessa ideologia – inclusivo quando administrada por outras entidades (com ou sem fins de lucro) – e, atualmente, no contexto “InFolk for Business” empenhada, especificamente, em incentivar o empreendedorismo e a inovação no âmbito da Access Economy!

Venha revolucionar conosco… venha inovar nas Novas Economias!

Você já foi livre hoje?

Venha fazer parte dessa grande revolução econômica! Traga seu negócio para a “Access Economy” e construa, conosco, um mundo mais livre, igual e fraterno!

A InFolk saúda e valoriza as iniciativas das empresas abaixo – acordes à Access Economy 2.0